Brenda Zicarelli conta o segredo por trás do sucesso do #IGA

Brenda Zicarelli conta o segredo por trás do sucesso do #IGA
Empreendedorismo IF Franchising Holding March 19, 2018

Brenda Zicarelli conta o segredo por trás do sucesso do IGA

Brenda Zicarelli Milberg conseguiu integrar no IGA duas de suas grandes paixões, o desejo de educar e o de melhorar a gastronomia local e internacional.

Educação é algo que sempre esteve muito próximo a ela, nascida na cidade de Buenos Aires, Brenda é filha de uma Diretora de Escola e de um Gerente de Recursos Humanos, por isso que desde muito jovem teve interesse pela educação e por projetos educacionais.

Formada na Universidade Católica da Argentina, Brenda acredita que o segredo do seu sucesso é o empreendedorismo. “Sempre me posicionei como uma verdadeira empreendedora, eu consegui dividir o meu tempo e minha energia muito bem entre minha vida profissional e pessoal”, diz.

O nascimento do IGA

Hoje, o Instituto Gastronômico das Américas é uma das empresas de educação gastronômica mais respeitáveis da América Latina, no entanto, foi uma longa jornada cheia de histórias que permitiram que o IGA se tornasse o sucesso empresarial e educacional que é hoje.

Em 2000, Brenda conheceu o empresário de escolas de informática, Alejandro Javier, que mais tarde se tornou seu marido e parceiro na aventura de empreender em uma empresa de capacitação gastronômica.

Em meados de 2001, quando a Argentina passou por um período complicado na política e economia, o casal teve que mudar de direção e se aventurar em novas possibilidades. Brenda disse que o fator determinante para se aventurar na área de gastronomia foi “a grande demanda e a falta de Institutos de Gastronomia no interior do país”, então, naquele ano nasceu o IGA, abrindo suas primeiras escolas em Rafaela e São Francisco, na Argentina.

Pouco a pouco o investimento do casal começou a gerar frutos, e depois do sucesso das duas primeiras unidades, e de compreender mais a fundo como funcionava o negócio, eles deram o próximo passo, estabelecendo o “sistema de franquias”. Assim, em 2002, abriram duas novas unidades na Argentina, dando origem a uma forte expansão regional e a um crescimento institucional na empresa.

Brenda diz que nos primeiros dias do IGA “Alejandro foi quem cuidou da implementação das unidades franqueadas, desde a escolha da localização do negócio, do design da cozinha e da recepção, ao número de funcionários. Viajei muito com ele para cuidar do treinamento de franqueados e funcionários.”

Em 2008, o IGA atravessou fronteiras e abriu franquias no Paraguai e no Uruguai, as primeiras unidades de muitas que seriam abertas a partir de então. Dois anos depois, o IGA já tinha mais de 70 institutos em países como Brasil, Bolívia, Venezuela e mais tarde Panamá.

Já em 2015, Brenda assume o desafio de levar o IGA aos Estados Unidos, especificamente para Miami, continuando assim a sólida expansão da franquia, cujo foco na América do Sul estava centrado no Brasil, um dos países com a economia mais emergente até o momento.

O ano de 2016 foi muito especial para Brenda, seu marido e sócio Alejandro e todos no IGA, pois nesse ano a marca atingiu seu pico, já que alcançou o marco de 100 unidades em 7 países e mais de 40 mil alunos matriculados. Foi a partir daí que o IGA, Instituto Gastronômico das Américas, consolidou-se como a maior rede de capacitação gastronômica do mundo.

O segredo do sucesso

Brenda, uma empresária com visão na educação, acredita que o empreendedorismo e o planejamento são fundamentais para alcançar o sucesso. Essa empresária de sucesso acredita firmemente que, para gerenciar um negócio é essencial ter organização e planejamento.

“É necessário ver como será a semana, o mês e o ano. Para isso, o caminho é planejar as principais estratégias, estabelecer metas e definir prazos, só depois seremos capazes de saber aonde vamos e como vamos” diz ela.

Ela também destaca a importância do trabalho em equipe. “Não é possível fazer tudo sozinho, desde o início do IGA, confiamos em nossos especialistas e deixamos com eles as tarefas de suas competências.”

A visão para o futuro

Para o futuro, a Brenda acredita na permanência e evolução da tecnologia e, em termos de inovação, irá melhorar e modificar o modo de aprender gastronomia. “Nós sempre procuramos modernizar as aulas do IGA e acreditamos muito em métodos on-line. Ainda pensamos nas tecnologias que virão, pois, eu as vejo como instrumentos importantes para o gerenciamento de franquias”, ela reflete.

Atualmente, como diretora acadêmica da rede IGA, Brenda diz que um dos principais fatores diferenciais e de sucesso comercial é a inovação cotidiana aplicada na empresa, que é necessária não somente para permanecer no mercado, mas também para acompanhar as mudanças e adaptar a rede de escolas de gastronomia às demandas do mercado e do seu público final. “A essência do IGA é a mesma desde o começo, mas sempre há necessidade de inovar para atrair novos alunos, isso nunca mudaremos”, ressalta.

Por exemplo, hoje o IGA está entrando no mundo do e-learning. Apesar disso, a diretora destaca que embora a base dos cursos do IGA seja a prática, porque em nossos institutos “os alunos são os que cozinham”, a rede optou por incorporar esse sistema educacional, considerando as grandes vantagens que essas novas tecnologias permitem, como flexibilidade em horários, a possibilidade de repetir as aulas e trabalhos práticos, minimizando custo de deslocamento dos estudantes ao instituto.

Para a diretora acadêmica “o mais importante é que todos os alunos do IGA em qualquer parte do mundo, obtenham a educação que desejamos da mesma forma, com os melhores profissionais, com controle absoluto dos conteúdos desenvolvidos e avaliados”.

Outro plano futuro para o IGA é a expansão no mercado asiático, razão pela qual a empresária está aprendendo mandarim, para estar completamente preparada para o próximo passo da franquia na Ásia em 2020.

IGA, motivo de orgulho

O Instituto Gastronômico das Américas é mais do que um negócio, ele representa o fruto de muitos anos de trabalho e entrega, para a empresária o fator diferenciador do IGA em relação a outras escolas de gastronomia está no constante acompanhamento ao franqueado e ao aluno.

“No IGA acompanhamos o franqueado durante o processo de abertura e monitoramento das aulas, na capacitação dos docentes e funcionários administrativos. Nós cuidamos dos alunos, oferecemos o melhor serviço, conscientizados de cada situação, atualizando o conteúdo, materiais e utensílios, sem perder a essência e o objetivo principal que é a capacitação de estudantes para conseguir excelentes profissionais no mercado de trabalho gastronômico” destaca.

Para esta mulher apaixonada por educação e gastronomia, formar grandes Chefs em toda América Latina “é uma experiência reconfortante, tenho orgulho de ver isso ano após ano, milhares de alunos formados conseguem entrar no mercado de trabalho que eles gostam, aplicando o que aprenderam em nossas escolas”.

O IGA provou ser a mistura perfeita de educação, gastronomia e negócios que permitiram que Brenda desenvolvesse suas habilidades como educadora e empresária. A ideia que começou como um pequeno projeto entre ela e seu parceiro evoluiu para um modelo de negócio e educação gastronômico, que ano após ano treina centenas de chefs e educadores, que dão seu toque especial à gastronomia.

A jornada não foi fácil, e houve muitos obstáculos a superar, no entanto Brenda acredita que “os obstáculos nunca deixam de existir, são parte da jornada, mas saber como enfrenta-los e resolvê-los nos fortalece e amplia o crescimento”.


Hable con nosotros

Deja tu comentario

Contáctenos en
Whatsapp

Sponsor

IF Franchising Holding

Seja um franqueado Vamos falar de Negócios

REGIÃO DE INTERESSE

INFORMAÇÃO DE CONTATO